O CRESCIMENTO DO E-GROCERY E A NOVA OPORTUNIDADE DE MERCADO

Com o surgimento da pandemia do Coronavírus no Brasil, o nicho e-grocey acabou sendo um dos serviços mais solicitado por parte dos consumidores e rapidamente se tornou uma tendência de ecommerce

O mercado supermercadista, assim como outros negócios, sofreu uma série de transformações durante o ano de 2020. Podemos considerar que uma das principais delas foi a digitalização. Ainda que durante a pandemia alguns estados tiveram a abertura das lojas durante o período de isolamento, muitos empresários necessitaram inovar para atender os seus consumidores e manter as suas portas abertas.

Para atender ao aumento significativo da demanda através dos meios digitais, grande parte dos empresários tiveram que agir rápido, acelerando seus objetivos de possuir uma loja virtual própria e também projetos de parceria com grandes marketplaces, como por exemplo o Mercado Livre e a Magazine Luiza.

GRANDES NOMES DO MARKETPLACE ESTÃO INVESTINDO NO E-GROCERY

Um dos maiores  marketplaces da América Latina, o Mercado Livre, foi uma das empresas que necessitou antecipar todos os seus planos para atender as necessidades dos consumidores. A empresa iniciou suas operações nesse segmento em abril de 2020 e em setembro já registrava uma base superior a 30 SKUs. 

De acordo com a diretora Mercado Livre no Brasil, “Já atingimos 3,5 milhões de usuários só em supermercados. A gente já tinha uma base e de repente ficamos com número superior a um grande hipermercado”. 

Destacamos no artigo Torne a logística sua principal aliada a importância de realizar a entrega ao seu consumidor o mais rápido e ágil possível. Ainda dentro deste mesmo artigo, também comentamos que a Amazon foi a empresa pioneira a oferecer para os seus consumidores a retirada em até duas horas, dependendo da mercadoria. 

A entrada do Mercado Livre no e-grocery também possibilitou um procedimento diferenciado quando se trata da sua entrega, uma vez que o marketplace consegue atender ao pedido do consumidor e entregar as mercadorias em até 24 horas nas seis principais praças do Brasil, enquanto nas demais regiões do país no prazo máximo de 48 horas.

COMPRAS EM SUPERMERCADO ONLINE REGISTRAM UM AUMENTO DE 180%

De acordo com a AbComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico), compras em supermercados online chegaram a registrar um aumento de 180% no início da pandemia do Coronavírus no Brasil.

Um fator que pode ter contribuído para que este aumento significativo, foi o uso das redes sociais para o compartilhamento de catálogos online, o que resultou em um grande volume de pedidos através desses canais de comunicação.

A partir do isolamento social, desde o pão do café da manhã até as verduras do jantar, passaram a ser comercializadas de forma  online. 

O motivo, segundo a Associação Brasileira de Supermercados (Abras), está diretamente relacionado ao temor de sair de casa. “Tivemos uma mudança rápida no hábito de consumo das pessoas, que tem priorizado a alimentação dentro da sua casa. 

A ideia do e-grocery já é percebida até mesmo por grandes nomes de supermercados físicos do Brasil. Ainda que o faturamento online não chegue nem a 10% do faturamento do serviço físico, os grandes varejistas já perceberam que a compra online é cada vez mais atrativa e cômoda para o consumidor.  

Entretanto, não foi somente nos sites dos renomados supermercados que as pessoas procuraram realizar as suas compras cotidianas. Os aplicativos viraram aliados dos consumidores pela sua praticidade e velocidade no recebimento dos produtos.

Um exemplo disso foi o aumento do número de cadastros do aplicativo shopper, com mais de 55 mil novos cadastros, em outras palavras, mais de 400% de procura. Ainda falando a respeito destes aplicativos que tiveram um grande crescimento em 2020.

O aplicativo Rappi, que tem por finalidade realizar entrega sob demanda, obteve um crescimento de 47% do número de usuários consumidores do aplicativo, que compraram de restaurantes e supermercados cadastrados na plataforma e, por conta disso, de certa forma evitaram de ir para a rua.

VANTAGENS E DESAFIOS DO E-GROCERY

Buscando ser uma alternativa para o consumidor, otimizando tempo e priorizando o conforto, o e-grocery também traz algumas vantagens e benefícios para os comerciantes, como por exemplo:

– Conquistar novas gerações de consumidores que nasceram conectadas à internet

– Vender os mais variados produtos, desde o ramo alimentício até o ramo de higiene.

– Crescer gradativamente com esse nicho, tendo em vista que é um segmento de mercado que está sendo recém explorado.

Entretanto, também é necessário que se tenha muita atenção com alguns pontos que se não forem bem administrados, poderão se tornar um grande problema para  a empresa. 


Um dos primeiros desafios que abrange quase todos os setores, uma vez que necessita de responsáveis de outros departamentos, é a disponibilidade do produto. Como as compras onlines são imprevisíveis, os pedidos podem exceder a capacidade máxima daquela mercadoria no estoque, consequentemente gerando uma frustração no consumidor.

Outro motivo de grande preocupação por parte dos consumidores e também dos comerciantes, é a qualidade dos produtos, principalmente pelas mercadorias frescas que possuam um prazo de validade curto e também por serem escolhidas por colaboradores da plataforma, e não pelo consumidor. 

Mesmo que ainda se tenha uma boa comunicação entre o funcionário e o cliente, onde geralmente há uma troca de informações como fotos dos produtos para avaliação do cliente, bate mesmo assim uma insegurança durante o processo de transporte da mercadoria até a casa do consumidor final. 

Uma possível solução é, ao receber o pedido, deixar para embalar estes produtos frescos por último, nas proximidades do horário da entrega. Desta forma, a chance da mercadoria sofrer algum tipo de dano é menor.


Portanto, o e-grocery é uma grande oportunidade de negócio que, conforme evidenciamos neste artigo, vem crescendo constantemente por ser um serviço que traz comodismo e preservação de tempo do consumidor.

Curtiu o artigo do blog de hoje? Ficou interessado em abrir o teu próprio negócio? Não perca tempo e inicie sua loja virtual com a Moovin Plataforma E-commerce, e ofereça uma experiência única para seu cliente. Converse conosco e também aproveite para nos seguir no Facebook, Instagram e Youtube

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google