Sexta-feira 13: espante o “azar”

A sexta-feira 13 é conhecida como o dia do azar. E o azar no e-commerce, existe? Pode haver casos e casos, é claro. Mas o “azar”, na verdade, na maioria das vezes é simplesmente falta de planejamento e visão estratégica.  É claro que planejamento é algo complexo, envolve diversos setores e aspectos e não temos como falar de tudo. Portanto, vamos comentar apenas algumas dicas.

Quando falamos em planejamento no e-commerce, estamos falando de definições de estratégias (logística, marketing, tecnologia, etc.) que devem estar alinhadas aos objetivos da empresa e o seu contexto (econômico, seu público, concorrência…).  A primeira coisa a se fazer é entender o mercado online, seus riscos e oportunidades. Analisar a viabilidade de sua ideia, levando em conta qual o seu público e concorrência. E a partir daí, defina qual vai ser seu posicionamento.

O posicionamento diz respeito a sua forma de colocar-se no mercado, levando em consideração quais seus produtos, preços, público e análise de concorrência. Se seu produto é direcionado a um público classe A, não basta apenas ter um preço mais alto. Assim como em lojas físicas, as vitrines já dizem por si só se é um estabelecimento premium ou popular, o seu e-commerce também deve transmitir qual o seu posicionamento. E, para isso, é extremamente necessário um design adequado. Você precisa contar com o serviço de uma plataforma tapropriada às suas necessidades e objetivos. A plataforma é, sem dúvida, um dos itens mais importante no seu negócio online. É nela que você gerenciará toda a sua loja. Por isso, vale a pena pesquisar e investir em uma que lhe ofereça recursos. Toda loja tem suas particularidades, o que implica em necessidade de funcionalidades diferentes, mas nem todas plataformas são tão flexíveis e personalizadas assim. Além disso, há plataformas que oferecem inclusive todo o serviço de design como destacado anteriormente.

A tecnologia ainda abrange muitos outros itens como gateways de pagamento, sistemas antifraudes, e-mail marketing, ferramentas como Google Adwords.  A logística também é algo indispensável de se planejar. Como receber as mercadorias? Como dar entrada? Qual o volume e equipe necessárias?  Qual a melhor maneira para armazenar? Quais transportadoras podem atender os potenciais clientes? Que embalagens devo usar? Haverá embalagem de presente? Qual tratativa para logística reversa?

É importante organizar-se também em relação a datas comemorativas e promocionais. Muitos lojistas resolvem, até mesmo por falta de informação, participar do Black Friday em cima da hora e na mesma semana planejar-se. Isso pode trazer problemas e até prejuízos. Planeje-se previamente para estas datas, o que inclui disponibilidade e gerenciamento de estoques, viabilidade de diminuição de preços e um sistema estável que não lhe deixe na mão devido ao aumento de tráfego.

Enfim, sabemos que essas dicas são superficiais e há muitos detalhes que devem ser considerados num planejamento. Apenas destacamos alguns itens que, às vezes, não são percebidos.

Tenha uma ótima sexta-feira 13 e nada de “azar” em suas vendas!