Pesquisa aponta 37 mil alterações de preço no Black Friday 2013

37 mil. Este é o número de alterações de preços realizadas no e-commerce durante o Black Friday deste ano. O estudo considerou mais de 20 categorias de produtos (exceto moda e livros), em aproximadamente 400 lojas online. As informações foram obtidas por meio da ferramenta de monitoramento de mercado WebPrice. Os números de alteração representam um crescimento de 106% comparado a um dia comum, no caso, à sexta-feira anterior ao evento, dia 22 de novembro.

Alinhadas com a atual movimentação do mercado, a WebGlobal, empresa desenvolvedora da plataforma WebPrice, e a Câmara Brasileira do Comércio Eletrônico, a Câmara e-net, firmaram uma parceria voltada ao monitoramento de preços online. Em cima das principais lojas da web, a aliança permitiu a realização de uma ampla pesquisa acerca do comportamento de precificação do e-commerce ao longo das 24 horas de promoção.

A importância da ação foi ratificada pelo diretor de comunicação da Câmara e-net, Gerson Rolim. “A parceria foi muito importante no que tange o repasse de informações ao público. Através da tecnologia WebPrice, podemos informar ao consumidor final quais foram as alterações e manutenções dos descontos realizados neste evento, que é totalmente baseado em promoções”, informou Rolim.

Gerson ainda complementou dizendo que os dados levantados durante a análise servirão como embasamento para novos estudos no cenário atual do comércio eletrônico. “Com estas informações, será possível verificar qual foi a conduta adotada pelas lojas participantes do Black Friday e, consequentemente, auxiliar o público”, explicou Gerson Rolim.

Hoje, o monitoramento de mercados de atuação é uma tendência entre empresas que utilizam técnicas de Business Intelligence. Além de otimizar o tempo ele serve como orientação corporativa dentro do planejamento de precificação. Porém, especialmente nesta ação, o processo de monitoramento foi direcionado também aos consumidores finais. Os dados foram expostos por meio do hotsite do Black Friday da Câmara e-net, servindo como orientação de compra para os usuários.

Para o diretor executivo da WebGlobal, Maurício Cardoso, “os números confirmam o crescimento do e-commerce no Brasil, bem como o interesse dos consumidores no assunto. Em função disso, apostamos na segmentação tecnológica e no monitoramento de mercados de atuação”.