Como criar uma descrição de produto eficiente

Me impressiona como muitas lojas não se importam com a descrição de seus produtos. Muitas cometem o erro clássico de copiar descrições de concorrentes, o que resulta em conteúdo duplicado pelo Google e impacta negativamente em seu SEO. E ainda há aqueles que traduzem uma descrição em inglês no Google Tradutor e nem revisam. Encontrei um console de videogame sendo vendido por uma loja em um marketplace (clique na imagem para ampliar):

gente, como assim? eu to chorando

Bom, mas o que fazer na descrição do produto, além de não oferecer “garantias de suco que você vai ser bom para ir novamente em nenhum momento”?

1. Benefícios e vantagens

Faça mais do que apenas descrever o produto de forma básica. Fale sobre a utilidade do produto, seu design, conforto, vantagens. Seduza com uma descrição que evidencie suas qualidades. A Biopoint, loja de suplementos alimentares, orienta para que tipo de atleta o produto é indicado bem como sugestão de consumo. Pense em como proporcionar um conteúdo relevante para o seu cliente. O que ele quer saber? O que ele busca?

2. Informações técnicas “comentadas”

As características técnicas são indispensáveis. É uma peça de roupa? Informe qual o tecido, mas também diga quais as vantagens (maior conforto, leveza, evita transpiração…). Se for um tênis de corrida, informe qual sua tecnologia de amortecimento, e relate qual o benefício (reduz impacto nos joelhos, por exemplo). Liste todas as especificações do produto de forma organizada, em lista ou tabela e, sempre que possível, comente seu benefício.

3. Se puder, ouse mais!

Um exemplo que eu adoro é o do site Enjoei. Mesmo que sejam inúmeras pessoas pelo Brasil vendendo seus próprios produtos, eles conseguem dar uma pincelada nas descrições e deixar os textinhos super “miguxos”. Veja esse exemplo:

4. Conteúdo de apoio

Se sua loja é de vestuário ou calçados, disponibilize uma tabela de tamanhos. Se você vende produtos tecnológicos como smartphones e notebooks, talvez seja interessante permitir a comparação de funções e vantagens entre os produtos. Tem até loja de óculos que possui um guia de rosto para escolher o modelo mais adequado!

5. Palavras-chave

Defina quais são as palavras estratégicas, pensando em que termos os usuários buscam no Google para encontrar o seu produto. Você deve utilizá-las para escrever a descrição, por exemplo “bota Ramarim confeccionada em couro”. Colocar as palavras-chave em negrito são ainda mais eficientes pensando em SEO, nesse caso, destacaria “bota, Ramarim, couro”.

Siga essas dicas com garantia de suco e boas vendas!