7 erros de atendimento via chat que sua loja virtual não pode cometer

Os consumidores estão sendo cada vez mais atraídos pelas vantagens do e-commerce, como preços mais baixos, variedade de produtos comodidade para comprar e receber sem sair de casa. No entanto, as pesquisas também mostram que na hora de buscar atendimento, a insatisfação é grande.

De acordo com eConsultancy (empresa de consultoria), 73% dos consumidores preferem falar com a empresa por um chat. Apesar disso, segundo um estudo realizado pela ABComm e PGeC, menos da metade das lojas virtuais brasileiras utilizam a ferramenta e, quando utilizam, cometem diversos erros que prejudicam suas vendas e relacionamento com o cliente. Após analisarmos alguns sites de e-commerce do país e esta mesma pesquisa, listamos os 7 principais erros cometidos no atendimento via chat:

1. Não há atendentes disponíveis

Parece óbvio, mas se for habilitar um chat em sua loja virtual, sempre deve haver atendentes disponíveis quando o mesmo estiver ativado. Se você não possui uma pessoa ou equipe (depende de sua necessidade) prontamente disponível para atender o cliente, é melhor então nem possuir um chat.

2. Grande demora em responder ao cliente

As empresas devem entender que o chat, assim como outros canais, não serve apenas para resolver problemas e ouvir reclamações, mas também para auxiliar no fechamento de vendas.  O propósito de um chat é promover a troca de mensagens instantâneas, por isso, deixar o cliente esperando demais irá irritá-lo e o fará desistir.

3. Não há informação sobre o horário de atendimento

Tudo bem se for possível prestar o atendimento por chat somente de segunda à sexta das 9 às 18h, por exemplo, mas ao menos informe qual o horário de atendimento e o desabilite quando não estiver disponível.

4. O atendente não tem acesso a uma ficha do cliente

Função que deve ser disponibilizada por sua plataforma de e-commerce, a ficha do cliente permite a consulta de todos os seus dados, histórico de troca de e-mails, situação dos pedidos realizados, entre outros. Assim, é muito mais fácil prestar um atendimento de qualidade e ágil.

5. O sistema desconecta o cliente em inatividade

Algumas soluções de chat desconectam o cliente automaticamente, após um tempo sem interação. Isso realmente deve ser feito, principalmente por lojas que possuem maior demanda e há clientes na fila de espera. Porém, nas situações em que o cliente precisa aguardar que o atendente verifique alguma informação, o ideal seria que o próprio atendente envie uma mensagem como “Aguarde um minuto”, “mais um momento”, etc., para não haver inatividade. É necessário também orientar o cliente a realizar uma interação a cada x minutos enquanto espera. Se não, ele é desconectado e precisa iniciar todo atendimento novamente.

6. O atendente… na verdade é um robô

O atendente é um robô, seja no sentido literal ou figurado da palavra. No primeiro caso, são cadastradas respostas automáticas conforme as palavras-chaves digitadas pelo cliente, o que na maioria das vezes não esclarece às dúvidas e muito menos resolve problemas.

Já no sentido figurado, percebe-se que o atendente se utiliza de textos padronizados, muitas vezes inclusive copiando e colando mensagens. Para algumas frases, como início do atendimento e informação do número de protocolo, tudo bem. Mas durante a conversa, é importante mostrar um atendimento personalizado e humanizado.

7. O atendente não possui conhecimento do negócio

Como você já leu neste mesmo post, o chat também serve para concretizar vendas. Muitos atendentes não estão informados sobre promoções da loja, e muito menos possuem conhecimentos técnicos sobre os produtos.  Estes dois assuntos chamaram a atenção na mesma pesquisa da ABComm, indicando que 45% dos atendentes não sabiam sobre os detalhes técnicos de produtos e 42% não conhecia detalhes de promoções vigentes.

Conclusão

Por ser o canal de comunicação preferido pelos clientes, é sim importante que sua loja virtual tenha um chat. No entanto, deve sempre haver funcionários disponíveis e capacitados para a atividade. Os atendentes precisam ter acesso às fichas completas dos clientes através da plataforma, e serem devidamente treinados. Um atendimento de qualidade envolve desde a cordialidade e tratamento pessoal, até os conhecimentos técnicos sobre os produtos, promoções e empresa em geral.

Quer abrir um e-commerce ou migrar sua loja virtual para a Moovin?