6 dicas para sua loja vender mais na Black Friday

Estamos a um mês da Black Friday, que acontece no dia 24 de novembro. A expectativa é de que, conforme o relatório Webshoppers da E-bit, a data movimente R$ 2,185 bilhões, um crescimento de 15% em comparação com o mesmo período do ano passado. Apesar do natural aumento de vendas, é um desafio para as lojas virtuais menores disputarem a atenção dos consumidores com os grandes varejistas que investem muito em marketing. Pensando nisso, elaboramos algumas dicas para estas empresas melhor aproveitarem essa data.

1. Crie uma landing page para a Black Friday

Para que suas campanhas de e-mail marketing sejam mais eficientes, é essencial que você envie suas promoções para as pessoas certas. A landing page funciona perfeitamente para isso, pois ajuda a criar uma base de contatos que realmente está interessada nas suas ofertas. Utilize uma identidade visual que remeta ao Black Friday, aplique um cronômetro de contagem regressiva e convide o usuário a se cadastrar para receber as ofertas em primeira mão.

2. Comece agora a divulgação com e-mails e nas redes sociais

É imprescindível que você já comece a criar expectativa em seus clientes, de que a data está chegando e sua loja está preparando ofertas imperdíveis.  Utilize os recursos de CRM para o envio de e-mail marketing comportamental, divulgando os produtos certos para cada cliente, indicando que estão participando da Black Friday. Começar agora a divulgação nas redes sociais, principalmente Facebook e Instagram é essencial. Utilize boas imagens e convide os usuários a já acessarem o site para se cadastrar e receberem as ofertas por e-mail.

3. Ative pop-ups na loja virtual

Assim como as landing pages, a pop-up/lightbox serve para chamar a atenção do usuário para a data e o motiva a informar o seu e-mail. Você deve apostar em frases convidativas, destacando que o cliente receberá as ofertas antes de todo mundo, oferecer um cupom de desconto, etc. Saiba mais sobre essa importante ferramenta clicando aqui.

4. Analise as campanhas anteriores

Nada mais útil e rico do que os seus próprios relatórios de vendas e resultados de campanhas anteriores, em especial a Black Friday dos anos passados. Estes dados ajudarão você traçar metas realistas para este ano, além de contribuir com indicadores como os resultados de ações de e-mail marketing, redes sociais e palavras-chaves de anúncios. Assim, você já sabe onde vale a pena concentrar suas forças e investimentos.

5. Invista em mídia paga

Não adianta fugir! Investir em anúncios no Google, Facebook e Instagram e até mesmo em outros sites relevantes para o seu negócio, é uma das ações mais eficazes. Estude bem em quais palavras-chaves valem a pena investir e a segmentação de seu público. Aposte nas ações de remarketing para que atinja os usuários que já visitaram sua landing page, anunciando para quem visitou sua página mas não converteu e apresentando as ofertas visitadas pelo usuário.

6. Aposte nos marketplaces

Como mencionado no início do post, é difícil de competir com os grandes varejistas devido a sua grande base de contados e recursos financeiros. Mas isso também pode ser visto como uma ótima oportunidade para você justamente aproveitar a força dessas empresas que também são marketplaces, aonde os seus produtos terão muita visibilidade, principalmente na Black Friday.

Comece agora mesmo a se preparar para a data mais lucrativa para o e-commerce. Faça um bom planejamento, invista e divulgue.

Descubra o que a Moovin pode fazer pelo seu negócio